Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/10/15 às 16h43 - Atualizado em 29/10/18 às 15h56

Coordenadora do ZEE-DF participa de seminário sobre água

Maria Sílvia Rossi tratou de política ambiental e efetivação do enquadramento

 

Vanessa Cortines, da equipe ZEE-DF

 

Brasília (28/10/2015) – A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Distrito Federal (ABES-DF) realizou, na noite de ontem, o seminário “Enquadramento das Águas do Distrito Federal: o que temos, o que queremos e o que podemos”. O evento aconteceu em parceria com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-DF) e contou com a presença de universitários, representantes do terceiro setor, gestores públicos e privados, técnicos e especialistas em recursos hídricos.

 

Maria Sílvia Rossi, da Coordenação Geral Técnica do Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF), participou do encontro, tendo sido convidada para debater sobre política ambiental e a efetivação do enquadramento das águas, cujas discussões têm comparecido no processo de construção do Zoneamento. “Há temas estruturantes norteando o ZEE-DF, e o debate sobre os recursos hídricos é um deles. O Zoneamento é uma excelente oportunidade para qualificar a gestão territorial e orientar a tomada de decisão dos gestores com base na qualidade e na quantidade de água. Os recursos hídricos podem e devem ser posicionados como elementos fundamentais no planejamento do território”, afirmou.

 

“Nós, da equipe técnica do ZEE-DF, desejamos explicitar a capacidade de suporte utilizando os recursos hídricos como principal exemplo e estratégia de comunicação. Os mapas de riscos ambientais que têm subsidiado nossos trabalhos têm forte relação com o sistema hídrico do DF. Inclusive, o enquadramento das águas superficiais será um vetor de qualidade das zonas e subzonas, buscando alinhamento com o licenciamento ambiental e a outorga”, completou Maria Sílvia Rossi.

 

O seminário tratou da atual situação das águas do DF, discutiu os riscos à sua qualidade, levantou questões sobre os impactos de seus usos e debateu resoluções do Conselho de Recursos Hídricos do Distrito Federal (CRH-DF). Fizeram apresentações os seguintes especialistas: Marcos Montenegro, presidente da ABES-DF; Camila Campos, chefe de monitoramento da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa); Jorge Enoch, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Paranoá (CBH-Paranoá); Raquel Brostel, analista de sistemas de saneamento da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb); Benny Schvarsberg, professor da Universidade de Brasília (UnB) e Paulo Salles, diretor-presidente da Adasa.

 

Para mais informações sobre o evento, acesse o site da ABES-DF clicando aqui.

Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ZEE-DF